5 maneiras de escolher as suas palavras-chave

27 abr, 2017

Compartilhe:

ACHE O TALISMÃ PARA O SUCESSO!

Se você alguma vez já pensou a respeito de Marketing Online, SEO, Google AdWords ou basicamente qualquer ferramenta que pudesse promover seu empreendimento online, é mais que provável que você já tenha também encontrado a expressão PALAVRA-CHAVE. Mas o que talvez ainda não tenha acontecido, é você ter encontrado uma explicação clara e concisa que coloque, de uma vez por toda, para trás a sua dúvida em relação ao QUE exatamente significa essa tão falada expressão; ou mesmo, dicas de como decidir quais palavras-chaves trarão o maior sucesso para o seu website e seu empreendimento. Nós elaboramos aqui um guia bem direto e claro que derrubará todos os bordões e ajudará você a encontrar as chaves essenciais para seu sucesso.

 

1. SAIBA O QUE PROCURAR – O QUE É UMA PALAVRA-CHAVE?

Quando alguém procura por algo no Google, o mecanismo de busca checa todos os websites relacionados a essa pesquisa e mostra os resultados mais relevantes. O foco dessa busca está no conteúdo dos websites. Especialmente resultados de busca com as expressões associadas às da pesquisa feita pelo requerente. Essas expressões, termos ou palavras são o que chamamos de palavras-chave. Elas são extremamente importantes no processo de classificação do seu site nos resultados da máquina de busca.

  

2. FOQUE NO REALISMO E RELEV NCIA

Uma vez que começamos a pensar em palavras-chave como termos que ajudam no posicionamento de nossos websites, é quase que automático cair na armadilha do pensamento de que somente as estatísticas em relação a esses termos de busca deveriam ser o foco, mantenha o foco no produto que você quer vender. Palavras-chaves devem ser relevantes em relação ao seu empreendimento, de forma que o seu conteúdo online seja agradável e interessante de ser lido, aparecendo assim nas pesquisas devidas e, por conseguinte, aumentando seu tráfego. Também é importante que você inclua sua localidade ou região como uma palavra-chave - isso com certeza ajudará a atrair potenciais clientes que pesquisam “nas redondezas”, fazendo assim com que potenciais clientes entrem na sua loja ao invés de para seus competidores.

 

3. VOLUME DE PESQUISA – AUMENTAR PARA 11?

Quando se tornar mais claro para você com quais tipos de termos ou expressões seu website deve ser associado, e através dos quais achado, também é útil obter alguns fatos a respeito do desempenho dessas palavras-chaves nos resultados de pesquisa Google. É exatamente nesse estágio que uma ferramenta tal como rankingCoach veste como uma luva! Oferecendo dados do Google em relação a cada palavra-chave em tempo real e fazendo sugestões de palavras-chaves alternativas que possam ter melhor desempenho em prol do seu sucesso. O volume de busca para sua palavra-chave reflete o número de pesquisas que foram feitas por ela no último mês. Concluímos então que seu objetivo deveria ser escolher uma palavra-chave que tenha no mínimo um volume de busca maior que 0, de maneira que potenciais clientes vejam seu website no index de resultados. Quanto maior o volume de busca, maior o número de pessoas que utiliza a palavra-chave em questão e, consequentemente mais provável a alta competição. É importante levar em consideração qual produto ou serviço você está oferecendo e o quão bem suas palavras-chaves funcionam. Aquelas são altamente relevantes com baixo volume de busca são mais suscetíveis a trazer sucesso do que as palavras-chaves gerais com alto volume de busca. 

 

4. USE A COMPETIÇÃO A SEU FAVOR!

O fato de uma palavra-chave ter um alto volume de busca não é motivo para ela ser riscada da sua lista de opções. Uma palavra-chave altamente competitiva (indicada por um rostinho vermelho e olhar franzido no rankingCoach) significa que muitas pessoas estão ombro a ombro na escolha dessa palavra como mais relevante, no entanto será bem mais difícil de usá-la. Tenha como exemplo “Peterbridge” equipamentos elétricos; uma empresa local tentando otimizar com o termo “aspirador”. É muito provável que a palavra-chave “aspirador” tenha um alto volume de busca para ambas lojas de eletro domésticos de grande porte e lojas online tais como Amazon. O termo “aspirador Peterbridge” terá um volume de pequisa menor, mas também um baixo volume de competitividade. Seria então maior o benefício se esse empreendimento local otimizasse com um mais baixo volume de busca, atraindo os clientes certos para a loja, do que se procurasse competir com outras lojas usando termos genéricos, que talvez nem atraiam o tipo de cliente que eles precisam.

 

5. ENXERGUE PELA PERSPECTIVA DO CLIENTE

Você conhece seu empreendimento de olhos fechados. Sendo assim, é fácil, dentro desse universo de perspectivas diferentes, se perder ao tentar identificar as maneiras pelas quais clientes chegam até sua página. Durante o processo de escolha da sua KEYWORD, vale a pena refletir cuidadosamente a respeito do que exatamente seu potencial cliente está procurando. Se o que você está vendendo é um produto ou serviço bem especializado, pode ser bem útil que você também otimize seu website com sinônimos do seu produto ou itens equiparáveis, nos quais os clientes também possam estar interessados. Para todos os efeitos, essa estratégia é mais útil para palavras-chaves secundárias. Suas três primeiras palavras-chaves prioritárias deveriam ser diretamente associadas com o seu produto, da maneira que ele seria pesquisado pelo cliente.

 

ACHEI MINHA PALAVRA-CHAVE... E AGORA?

Uma vez que você tenha configurado suas palavras-chaves no rankingCoach, ou decidido na implementação delas por você mesmo, o próximo passo vital na execução bem sucedida de uma SEO é a criação de CONTEÚDO DE QUALIDADE!

Compartilhe: